domingo, dezembro 13, 2009

Évora- Graça do Divor - Évora (12-12-09)

Volvido quase um ano sobre o último passeio, voltei a sair para o mato na melhor companhia!
E se tudo indicava que seria mais um como todos os outros, muita vontade, muita boa disposição, o dia a acabar e nós sem luz, mas foi diferente...
A bem dizer da verdade, eu sempre fui o elo mais fraco nos nossos passeios, derivado de inúmeros motivos, mas desta vez a história foi outra. O que é que mudou? A minha Specialized, e os anos e a falta de manutenção da bicicleta alheia!!
Pormenores aparte, foi um passeio calmo de 20km, com alguns cães pelo caminho mas sem perigo, o regresso foi feito na escuridão da noite (como manda a tradição) e a boa disposição e o convívio reinaram todo o caminho.
Fica a preparação para a São Silvestre que se aproxima a passos largos, onde já temos uma comitiva de 6 pessoas,e a anotação de que o Marchante tem de ir com a bike à manutenção.

É verdade estreamos tambem os capacetes, coisa que nunca havia sido usada nestas nossas aventuras, espero para a próxima estrear a minha luz nova que o Marchante me ofereceu (mt obrigado amigo), e quem sabe os tão famigerados Collants:P.
Haveremos de passear mais, e espero que alguém se empolgue e se junte a nós!



O charme dos betêtistas



O material

quinta-feira, dezembro 10, 2009

I'm famous...

Prestar atenção ao minuto 4... Ficam desde já desafiados para aparecerem dia 26 em mais um passeio nocturno!! Inscrição 5€, com direito a churrasco e buida da boa com a malta da Malagueira!

sábado, julho 18, 2009

Recordar é viver...

De volta a Évora a tempo inteiro, foi tempo de arrumar algumas coisas que deveriam já estar arrumadas há muito tempo. Foi então altura de abrir "a-caixa-do-que-fui", e apertar lá mais um montão de coisas. Está de facto cheia, e sabendo que eu sou muito exigente com o que vai lá para dentro, ou o que vai para o lixo, acho que significa que tenho tido uma vida também ela cheia.

Como sempre que reabro essa preciosidade, revi tudo o que por lá se encontra, e foi muito bom lembrar-me outra vez como já fui feliz, e como essa felicidade já foi tão simples de alcançar, e de quanto real era!
Resolvi partilhar um pouco com vocês :D só fotos.... Quem é que quer ver bilhetes de concertos, avião, autocarro, ou concertos? E as cartas das namoradas não se mostram a NINGUÉM.

Comecemos pelo inicio:



Desde puto que tenho muito estilo, e classe;P




A primeira namorada:





A amiga de SEMPRE:



A adolescência:



quinta-feira, julho 09, 2009

quarta-feira, julho 08, 2009

Noticia

"Uma mulher de 29 anos morreu ontem, às 17h00, depois de ter caído do segundo andar de um prédio na rua de Santa Catarina, Porto. O companheiro da vítima, com cerca de 30 anos, foi ao fim da tarde levado pela PJ para primeiro interrogatório, uma vez que sobre ele recaem suspeitas de que poderá ter empurrado a jovem, de nacionalidade brasileira.

Ao que o CM apurou, as autoridades policiais ter-se-ão deparado com vários objectos partidos na casa, que indiciam ter havido uma luta antes de a mulher cair da janela. No apartamento viviam mais quatro pessoas, sendo que a vizinhança afirmou que o espaço seria 'dedicado ao alterne'. O corpo de Cristina esteve durante três horas na via pública, até ser removido pelos Bombeiros de Pedrouços. O incidente juntou muitas pessoas, entre as quais amigos da vítima. A PJ e a PSP estiveram no local a recolher indícios que levem a apurar os factos."

in Correio da Manhã

COMENTARIOS DO CHUPA-MOS:
Cometeu o pecado mais grave de todos...
Era brasuca

caralho....esta gente não aprende.....animais......não se atira lixo pela janela

Foi bem burro o filha da puta do chulo.
E quando for lá para dentro e começar a levar no cú como um maluco, e sem receber nenhum por isso, vai perceber o otário que é.
Não se cospe no prato que se come, quanto mais atirá-lo pela janela fora.

enganou-se crl!!!!
era para atirar o preservativo e sem querer atirou a puta!!!

está comprovado, as putas não voam

O chulo dela agora vai ter de vendê-la a necrófilos.

putas na rua nao
use o putão
o jervasio demorou 45mim a por a puta no putão
e voce qunato tempo mais é q precisa?


se algum de vocês se riu metade do que me ri já valeu a pena postar!:D

BTW: já perceberam porque é que o chupa-mos me faz sentir em casa?LOL

sábado, junho 20, 2009

À parva!

Nem sei como é que nunca me ocorreu meter a minha única aparição no youtube, em que me diverti à parva, a fazer figuras de parvo à parva, com a não parva da Andy! Tendo em conta que isto andava parado por motivos de inspiração foi fixe que assim ao menos rompemos com esta paragem!

quinta-feira, maio 14, 2009

SIGNS

Normalmente não sou muito apologista de por filmes no blog, apesar de já o ter feito, e esta é sem dúvida uma das vezes que vale a pena... é grande mas vale bem os 10 minutos!

quarta-feira, maio 13, 2009

MEC- Década de 90 do século XX

"Eu quero fazer o elogio do amor puro, do amor cego, do amor estúpido, do amor doente, do único amor verdadeiro que há. Estou farto de conversas, farto de compreensões, farto conveniências de serviço. Nunca vi namorados tão embrutecidos, tão cobardes e tão comodistas como os de hoje. incapazes de um gesto largo,de correr um risco, de um rasgo de ousadia, são uma raça de telefoneiros e capangas da cantina, malta do "tá bem, tudo bem", tomadores de bicas, alcançadores de compromissos, bananóides, borra-botas, matadores do romance, romanticidas.
Já ninguém se apaixona? Já ninguém aceita a paixão pura, a saudade sem fim, a tristeza, o desequilíbrio, o medo, o custo, o amor, a doença que é como um cancro a comer-nos o coração e que nos canta no peito ao mesmo tempo?
O amor é uma coisa, a vida é outra. O amor não é para ser uma ajudinha. Não é para ser o alivio, o repouso, o intervalo, a pancadinha nas costas, a pausa que refresca, o ponto-socorro da tortuosa estrada da vida, o nosso "dá lá um jeitinho" sentimental.
Odeio esta mania contemporânea por sopas e descanso. Odeio os novos casalinhos. Por onde quer que se olhe, já não se vê romance, gritaria, maluquice, facada, abraços, flores. O amor fechou a loja. foi trespassado ao pessoal da pantufa e da serenidade.
Amor é amor. É essa a beleza. é esse o perigo. O nosso amor não é para nos compreender, não é para nos ajudar, não é para nos fazer felizes. Tanto pode como não pode. Tanto faz. É uma questão de azar. O nosso amor não é para nos amar, para levar-nos de repente ao céu, a tempo de apanhar ainda um bocadinho de inferno aberto. O amor é uma coisa, a vida é outra. A vida as vezes mata o amor. A "vidinha" é uma convivência assassina. O amor puro não é um meio, não é um fim, não é um principio, não é um destino. O amor puro é uma condição. Tem tanto a ver com a vida de cada um como o clima. O amor não se percebe. não é para se perceber. O amor é um estado de quem se sente.
O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende. O amor é uma verdade. É por isso que a ilusão é necessária. A ilusão é bonita. Não faz mal. Que se invente e minta e sonhe o que se quiser. O amor é uma coisa, a vida é outra. A realidade pode matar, o amor é mais bonito que a vida. A vida que se lixe.
Num momento, num olhar, o coração apanha-se para sempre. Ama-se alguém. Por muito longe, por muito difícil, por muito desesperadamente. O coração guarda o que nos escapa das mãos. E durante o dia, durante a vida, quando não está lá quem se ama,não é ela que nos acompanha- é o nosso amor, o amor que se lhe tem. Não é para perceber. É sinal de amor puro não se perceber, ama e não se ter, querer e não guardar esperança, doer sem ficar magoado, viver sozinho, triste, mas mais acompanhado do que quem vive feliz. Não se pode ceder, não se pode resistir. A vida é uma coisa, o amor é outra. A vida dura a vida inteira, o amor não. Só um minuto de amor pode durar a vida inteira. E valê-la também."

quarta-feira, maio 06, 2009

Eu gosto de - Parte 7

Eu gosto de Fotografia
Especialmente daquelas que vão alem da imagem, dos nus que são mais que corpos nus,e do fotojornalismo. Podia partilhar milhões delas mas descobri que este senhor a pouco tempo e adorei. Resolvi então partilhar com vocês estas fotos, vejam com muita atenção!









sábado, maio 02, 2009

"Ahh! Desde que o Senna não corre... nunca mais foi domingo"


Faz hoje 15 anos que a formula 1 perdeu a sua cor, que deixamos de ver os celebres despiques do Senna com Piquet, Prost, Mansel e com o novíssimo Shumacher. No maldito muro de Imola no circuito Enzo e Dino Ferrari terminou a vida daquele que em minha opinião era o melhor piloto de sempre, e lembro-me sempre desse dia de quando ele foi retirado de helicopetro da enorme mancha de sangue no alcatrão, no entanto morreu a fazer aquilo que de melhor fazia! Sendo ele um homem de fé, se houver algum Deus Senna é o seu motorista :D



sexta-feira, maio 01, 2009

I believe i can fly




I believe I can fly, that I can touch the sky and if you think I’m just no good….
Please take a chair and wait to see!!

quinta-feira, abril 30, 2009

Clapton> GOD

Não me canso de ouvir este senhor, outstanding...


sábado, abril 25, 2009

"Há diversas modalidades de Estado: os estados socialistas, os estados corporativos e o estado a que isto chegou!"


Faz hoje 35 anos que um grupo de homens dignos da história da nossa pátria voltou a mostrar ao mundo o quão grande podemos ser, e estou em querer que foi talvez a última vez até aos dias de hoje. O capitão Salgueiro Maia foi o rosto de muitas pessoas, que nesse dia contra um estado opressor e com muitas poucas hipóteses de sair vencedor, saíram à rua para realizar um desejo de vários povos, o nosso e todos os colonizados. Como se isso por si não fosse já um feito, fizeram-no sem derramar sangue, sem pretensões de poder e com cravos nos canos das armas... Mas como em tudo, depois de se consumar o acto em si começaram a aparecer os abutres que mancharam na história a nossa revolução, e o Spínola foi o primeiro, e rapidamente os seus sucessores vieram de França e é fácil ver o que se passou a seguir e que continua agora com o Sócrates e com muitos dos que se sentam na A.R.

No entanto há menos fome, não temos a tão mal fadada guerra(temos outras), temos a tão proclamada liberdade, foi um longo caminho que Portugal percorreu mas estou em querer que se o Salgueiro cá estivesse sentiria a desilusão de terem fodido os seus ideais.

Obrigado Capitães de Abril!!



quinta-feira, abril 16, 2009

Só para as meninas...


Não resisti a colocar isto aqui, está simplesmente genial!Por isso...
É favor assinalarr aonde nos situamos e reenviar,obrigado!:D

segunda-feira, abril 06, 2009

Dance Music

Depois de vários anos sem ouvir musica de dança resolvi por motivos que não a dança arranjar só e tão pouco como um quintuplo cd da KAOS, e ao fim de um tempo a descobrir quais as musicas que fazem parte do pequeno leque(100 faixas) deste álbum descobri esta bela musica de quando nas noites quentes do Alentejo me deitava à brisa da noite e ouvia a anunciar na 3 o tão esperado programa "Caixa de Ritmos, porque a musica de dança também é para ouvir", e foi sem dúvida ao som desta musica e do hip hop que se fez a minha adolescência, e ainda hoje considero que é uma óptima musica para se ouvir quando se tem a cabeça cheia de perguntas. Porque é fácil de ouvir e se perdermos um bocado não é grave... e por isso deixo aqui uma musica para partilhar com vocês!
Cumprimentos, em especial para o Nuno Reis

segunda-feira, março 30, 2009

Passion...



It may come in very diferent ways!

segunda-feira, março 23, 2009

Sempre...


Por isso abre essa janela para o mundo que eu espero-te do lado de fora!

As vezes...



Esmagas-me com a tua beleza!

domingo, março 22, 2009

Desejo


foto roubada aqui

Constante maior da vida... Vamos sucumbir a ela?

sábado, março 14, 2009

Eu gosto de - Parte 6

Eu gosto de séries!

A verdade é mais eu sou viciado em séries, de tal modo que aboli a televisão por completo da minha vida e passo o tempo em que estou desocupado a acompanhar a minha enorme lista de séries que tem uma grande tendência para crescer... Este gosto já me vêm desde há muito tempo, quando acompanhava na televisão o Mcgyver, o Knight Rider, e o esquadrão classe A, e mais tarde a Ally Mcbeal... Mas o gosto mesmo apanhei-o quando começaram as séries na Internet, com a possibilidade de ver quando quisesse e a série que quisesse..
Abandonei bastante os filmes para ver séries, e hoje em dia é raro ver filmes, e prefiro as séries porque podemos acompanhar uma história mais detalhada e com personagens mais profundos. Alem disso ver séries é hoje em dia um acto social, desde sempre que vi séries "a meias" com outras pessoas ou seja juntavamo-nos para ver o episódio semanal. Contudo agora o lado social da coisa foi mais longe porque hoje todas as pessoas vêm séries, e há claro como em tudo, aquelas que todos vêem e por isso há todo um mundo de conversas e discuções a sobre as séries.

Era meu objectivo com este post colocar aqui a disposição dos meus amigos e leitores o meu "pequeno" espólio de séries que já ia em 60 gigas, mas um pequeno acidente enquanto o reunia e catalogava fez-me apaga-lo por engano... De modo que sou órfão de séries e que não tenho nem um episódio no "Hard Drive". Coloco a vossa disposição a minha lista de filmes que tenho, são recentes porque eu não gravo isso guardo só no pc mas não são assim tão poucos, e aviso já que se quiserem avisem rápido porque vão seguir em breve o caminho das séries...

São eles apesar de alguns nomes são todos filmes decentes:
21
appaloosa
august
bankok dangerous
burn after reading
call girl
corrupção
death defying acts
deception
deja vu
domsday
elegy
feast of love
get smart
gomorra
hancock
in bruges
jumper
made of honor
mamma mia
married life
max payne
my best friends girl
Os imortais
p.s. - i love you
Righteous kill
role models
seven pounds
sex and the city
sex drive
smart people
soul men
street kings
superhero movie
the 40 years old virgin
the bourne identitu
the bourne supermacy
the bourne ultimatium
the counterfeiters
theshe found me
transporter
wanted
young people fucking

quarta-feira, fevereiro 18, 2009

Eu gosto de - Parte 5

Eu gosto de bicicletas e quedas!


É verdade... pode parecer estúpido mas alem de gostar de andar de bicicleta, (coisa que tenho a dizer que fiz com muita regularidade nos verões da minha infância), também gosto de quedas!. Gostar de quedas não é fácil nem é para todos não julguem!, É necessário cair e queimar as nádegas no alcatrão porque decidiram ser estúpidos e travar na curva em cima de gravilha para dar estilo, é necessário ver um amigo a cair de bicicleta e ir de ambulância para o hospital (dps de agredir os bombeiros) e ficar lá internado algum tempo, é necessário cair com a roda numa sarjeta sem tampa enquanto se batia um coro barato por sms, é inclusive necessário ver um amigo escapar por breves segundos a um atropelamento por uma Ford Transit vermelha mesmo á Inferno e dizer bem alto “FODA-SE, CARALHO OLHA A CARRINHA!!!” mesmo á Inferno(se não viram o filme vejam que vão ver a gravidade da coisa). Portanto depois de ter passado e ver passar por tantas quedas sempre em cima da bicicleta que se ganha o gosto por cair e tenho algumas marcas que atestam este meu gosto.
Mas para gostar de cair é preciso gostar de andar de bicicleta, e como é óbvio para gostar de andar de bicicleta é necessário saber andar…
É ai que entra o próximo narrador desta história, João Rui Matos Marchante, vizinho da porta da frente, companheiro de viagem na viagem da vida, colega de Basket e acima de tudo cúmplice de mil e uma histórias que fomos passando juntos… Leiam com toda a atenção porque foi ele que me ensinou a andar de bicicleta por isso sabe bem do que fala…
Pois é... Andar de bicicleta é muito fácil! O difícil... é saber cair de uma bicicleta! E isto porquê? Porque quem nunca caiu a andar de bicicleta... nunca andou realmente de bicicleta. O Max falou (e muito bem), de várias quedas de bicicletas que ele viveu ou presenciou durante as “pequenas viagens” que fez... mas esqueceu-se de uma que me ficará sempre na memória! Vou aqui relatá-la em poucas palavras (também porque o momento não foi muito longo).
Para muitos é difícil de imaginar mas existia um grande descampado ao pé das piscinas onde gostavamos muito de andar. Numa dessas voltas, o Max ia na sua já bem conhecida bicicleta cor-de-rosa e eu na minha esmaltina roda 24 azul, (Sim!!! Aquilo é mesmo cor-de-rosa!) quando ele sente uma folga na roda da frente: “Acho que a minha roda da frente não está bem apertada”; nisto decide sacar um cavalinho para atestar a sua teoria (sem dúvida a coisa mais esperta a fazer na situação). Qual não foi o meu espanto quando a roda da frente se solta do quadro!! Agora imaginem a situação... o Max a fazer cavalinho... a roda solta do quadro... ele olha para mim de repente com ar de desespero... e o que se segue a seguir pode ser explicado nas seguintes palavras: “PUMMMMMMM!!” (queda); “RSSSSSSSSSSSS” (corpo a raspar na areia); “Aiiiiiiiiiiiiiiii!!!!” (gemido de dor); “Ahahahahahahahahahahaha” (rir sem parar).
É por isto que as quedas são tão importantes como o andar de bicicleta. Se não as tivessemos nunca poderiamos contá-las e rirmo-nos sem parar disso mesmo! Tenho de reconhecer que posso ter ensinado o Max a andar de bicicleta no meu terraço com cerca de 20 m2 (LOL), numa BMX azul que ganhei por mandar uma caderneta preenchida (acho que da Branca de Neve) com cromos, mas... ele é sem dúvida o Rei das quedas! E apesar de não ter sido uma queda, da última vez que andámos de bicicleta juntos (que foi em Dezembro), ele conseguiu partir a corrente da bicicleta (hehehehe).
Mas à parte disto tudo... devo dizer que sempre andámos imenso! Já chegámos a ir até Valverde, Guadalupe ou Graça do Divor (mas sem ser pela Ecopista... isso é para meninos!!!!). Para quem não sabe estamos a falar de distâncias de cerca de 20 a 30 km. Não parece um trajecto muito grande mas se tivermos em conta as condições em que faziamos as viagens tal como bicicletas rascas, bancos desconfortáveis, estradas impróprias e, claro está, alguns kg a mais muitas vezes.... até que não era nada mau!
Em jeito de conclusão... nem era o próprio andar de bicicleta (desporto) que nos levava a sair de casa todos os dias de manhã! Era a companhia em si... e continua a ser o principal ponto de todas as viagens que ainda fazemos (sejam elas curtas ou grandes). Porque uma viagem sem companhia não tem a mesma piada! Tenho a certeza que ainda havemos de fazer várias “viagens” juntos e claro.. se algum dos leitores se quiser juntar a nós... será mais que bem vindo. Já sabem é que é para estar às 8h30 em frente à porta número 15 e 16 da Rua Francisco Martins xD

Só quero acrescentar que a minha bicicleta não era rosa... era roxa e que tal como a bicicleta do Marchante e as minhas 2 outras foram sempre ganhas em concursos por isso não escolhi a cor... :D

Para acabar quero dizer que é um orgulho enorme ter a tua contribuição aqui no blog, e agradecer o esforço!Um abraço, Max.

terça-feira, fevereiro 17, 2009

Eu gosto de- parte 4

Eu gosto de Carros!

Depois de perder duas horas inteirinhas a tratar do meu carro lembrei-me que tinha de postar aqui este gosto e que não podia mais esperar…
Eu gosto de carros e de automóveis… Sim faz toda a diferença! Considero que só tenho um automóvel e vários carros, um automóvel tem de marcar uma época, um estilo, um pensamento tem de se impor por si só seja pela beleza, seja pela potencia, seja pela tecnologia. Um carro é o irmão mais pobre, perdeu em algum aspecto mas não deve ser por isso menosprezado, e digo com orgulho que hoje despendi duas horinhas inteiras sozinho com o meu carro, só eu e ele!
Os carros, pelo menos para mim, são aquilo que temos de mais parecido com a nossa namorada! Leva-nos o dinheiro todo em extras que nunca acabam que na maior parte das vezes não servem para nada, mesmo depois de passar um gajo com um carro mais potente ou mais bonito que o nosso continuamos a gostar dele a mesma, gostamos de ser vistos com ele não importa a idade ou se está nas melhores condições, dá prazer só de ver as curvas, é um prazer senti-lo nas curvas, e no meu caso adoro passar bastante tempo a cuidar dele, todos os detalhes deste os que são vitais até aos mais escondidos tal como com as gajas…
Estão a ver aquelas quecas que as vezes damos quando tudo parece andar contra nós ou quando o stress está a acabar com os nervos e depois de dar a respectiva parece que tudo ficou mais simples e “cor-de-rosa”? Eu quando estou assim e por algum motivo não tenho a minha dama de eleição (ou mesmo nenhuma) pego no carro extravaso a minha road rage e o efeito é o mesmo… Mas contudo prefiro mulheres a carros ou automóveis.
Voltando ao gosto em si, gosto de carros de todas as marcas e gosto de muitos modelos e gosto de saber pormenores que não interessam a ninguém, mas nunca gostei de saber quantos cavalos tem cada um de cor, ou a potencia ou preço. Gosto de saber inovações, ou curiosidades, gosto de os reconhecer de todos os outros só vendo uma parte ou um detalhe.
Mas como é óbvio tenho preferências, e são elas a Porsche e a Citroen. A Porsche porque para mim é a palavra em Alemão que designa Paixão só pode! Quem é que nunca olhou para um 911 ou um 356 e sentiu um enorme desejo de ter um? E na verdade não é o carro mais caro, não é o carro mais exclusivo, não é o mais rápido nem o com melhor performance, mas é sem dúvida ao mais apaixonante! Atrevo-me mesmo a dizer que é o mais bonito, e o facto de ser produzido desde 1963, e apesar de todas as mudanças é ainda fácil reconhecer o que resta do modelo inicial, tem um Q de fidelidade que me atrai bastante.
A minha outra preferência explica-se facilmente, passei muito tempo numa oficina dessa marca ao longo da minha vida, aqui em casa só temos Citroens, e por sorte tive alguns carros míticos como uma Diane, e um Visa de uma versão limitada, e a minha grande paixão e o único destes que ainda tenho um Bx de 1989. Foi sem dúvida o único automóvel que tive e aquele que conquistou o lugar cimeiro no meu coração pelas aventuras que vivi a bordo, por ter crescido a querer tirar a carta para me sentar ao comando daquele que foi descrito como o cruzeiro das estradas! Hoje é um automóvel velho, mas conservo-o com todos os cuidados para quando for um automóvel antigo e nessa altura espero que ele seja passeado e passei o meu pai no descanso da sua reforma e me permita ainda a mim saborear os prazeres de outros tempos. É sem dúvida alguma um carro especial porque em 1989 um carro trazer de série travões de disco a frente e a trás não é normal, não é normal o carro literalmente levantar do chão quando o ligamos, e não é normal o nível de conforto que se atinge dentro dele… Enfim não há amor como o primeiro!
Ainda em relação a Citroen, a princípio pode parecer uma marca banal de carros banais, mas tem um história especial e teve muitos carros ao longo dessa história que revolucionaram o mundo automóvel por introduzirem conceitos novos como o 2cv que não se chama assim por ter 2 cavalos de potencia como é obvio porque há carros telecomandados com mais que isso. O 2cv é assim conhecido porque foi concebido para substituir as carroças que os agricultores em Franca tinham e que eram puxadas pelos tais 2 cavalos, a nível de curiosidade ficou conhecido também por o umbrela-with-weels devido ao aspecto vincado do capôt, capota e tampa da mala e foi conduzido em Portugal por Roger Moore no 007-For your eyes only. Lançou ainda modelos como o Ds que em 1959 trouxeram conceitos que só muito mais tarde viriam a ser apurados e aplicados como a direcção assistida ou os faróis direccionais, ou modelos como o Gs, a Mehári, o SM (que tinha um motor maserati) ou cx que foi durante algum tempo muito comum entre famosos e presidentes de muitos países.
Penso que não seja novidade para ninguém esta minha paixão, mas se for e alguém quiser discutir alguma coisa é sempre um prazer falar de carros e automóveis!
Um abraço, Max.

domingo, fevereiro 01, 2009

Eu gosto de - Parte 3

Eu gosto de coleccionar!


Desde pequeno que tenho esta mania e penso que seja por culpa dos cromos da bola da panini... O coleccionismo que hoje pratico nada tem a ver com o dos cromos e é transcendental ao valor material do objecto em si, tudo o que colecciono representa qualquer coisa, sentimento ou ocasião...
Tenho inclusive um expositor para o efeito no qual estão guardadas 2 colecções uma delas provavelmente a mais antiga que é a colecção de miniaturas estáticas de automóveis. Como podem ver pela fotos que se seguem não são muitos, mas são de várias escalas e não estranhem ver Citroens junto com Ferraris, Mercedes, Jaguares e Porsches porque alem de serem os que me saem mais baratos eu tenho um fascinio por essa marca que um dia explico...


Ainda nesse armário tenho a coleção de "Coisas do Mundo" que são souvenirs que os meus país me tem trazido das suas viagens e que eu guardo relijiosamente. Aqui podem encontrar um busto do Mozart e miniaturas de Stradivarius que vieram de Viena, um barco feito de um fruto que veio de Fortaleza, uma estátua da lenda de Romulo e Remo que veio de Roma, uma miniatura da Tower Bridge que veio de Londres, e matrioskas de Moscovo entre outros... A mais recente é a miniatura do Burj Al Arab que veio do Dubai! Aqui fica a foto...


Tenho ainda uma outra colecção que me é muito querida e é de certo a mais extensa e que não tem lugar nesse expositor, falo da minha colecção de pins!! Quando preparava este post tive a acrescentar os últimos que me tinham dado que ainda não tinha colocado no quadro aonde tenho os pins e acrescentei 26! O que faz com que a minha colecção vá neste momento em 138 pins e 12 crachás e sei quem me deu quais e quais comprei e em que ocasiões e olhem que o mais velho que lá está é o coelho da nesquik que ainda é do tempo em que eu ainda não sabia que não podia beber leite com chocolate dos pacotes! Aqui fica a foto!!

Tenho ainda outras colecções, duas que "herdei" do meu pai e que são bastante grandes uma de canetas e outra de porta-chaves e que estão encaixotadas, um dia destes tenho de tratar disso;).
Tenho ainda uma outra coleção que é de bilhetes de cinema, de teatro, de concertos, de avião e até de autocarro mas estes todos meus!
Bem sei que isto as vezes é acumular coisas inuteis mas servem-me para marcar memórias e garantir que coisas nunca cairão no esquecimento porque vou olhar para estes objectos e lembrar-me, com excepção das miniaturas dos carros, a razão dessa coleção será tema de um destes posts!
Ahh e para os que ficaram a pensar mas que memórias podem vir das viagens dos pais, eu respondo: ficar todos os anos uma semana sem papás em casa quando se é novo é tão bom!!
P.S.- Tenho pins repetidos se houver interessados na troca é favor dizer;)

sexta-feira, janeiro 30, 2009

Eu gosto de - Parte 2

EU GOSTO DO BENFICA
Eu pessoalmente diria que amo o Benfica mas isso estragava a piada toda...
Mas é verdade, eu amo o Benfica! Já me trouxe muitos amargos de boca, já me fez chorar(é vdd) mas já me fez ser capa da Visão quando fomos campeões! E de facto eu tenho mesmo de amar o Benfica porque eu nunca gostei muito de futebol mas vibro a cada passe da nossa equipa, também nunca gostei de hóquei em patins e nem sei as regras todas mas nada disso importa porque o é o Benfica que joga e então quando tínhamos os irmãos Velasquez e o Gaidão ainda jogava na luz... que belas tardes!E futsal? Não sei as regras mas adoro ver o Ricardinho com a nossa 10, e já gostava de ver quando o André Lima jogava, mas agora sucedeu ao Adil Amarante.
Como podem ver eu sou um nabo do desporto mas sei estas coisas porque amo o Benfica...
Por falar em quem jogava e já não joga, vou falar-vos do único ídolo que tive na vida... Rui Manuel César Costa. Todos o conhecem por Rui Costa, este senhor ensinou-me a ser do Benfica, a saber o que é sentir a camisola... Ainda há 2 anos quando voltou, ensinou-me que as promessas são para se cumprir e serem levadas a sério e que nada nem ninguém se deve interpor entre nós e a nossa paixão..

Foram sem dúvida dois dias felizes o dia em que o fomos receber e o dia em que o vi de lágrima no canto do olho a pendurar as botas!
Nem tudo é Rui Costa, também devo de certo ao meu amigo Hernâni um obrigado por ser Benfiquista porque de certo que ele me contagiou com a sua paixão logo desde pequeno nos jogos de Subbuteo. Não posso deixar de contar também que no dia em que HUMILHAMOS por 3-6 o Sporting em Alvalade lembro-me de estar em casa dele e de vibrarmos como se não houvesse amanha a cada golo.

Aproveito para deixar aqui um post de outro blog, que já tinha postado aqui aquando da chegada do Rui...
"
10
Deixamos de acreditar. Nós, os que sentimos o amor à camisola.

Magoam-nos quando deixam o campo sem nos agradecer o apoio. Agridem-nos quando dizem sempre sonhei jogar neste clube e é óbvio que não fazem ideia do que este clube representa. Fazem-nos amachucar o jornal quando dão entrevistas que põem causa a estabilidade do balneário. Fere-nos os olhos a publicidade tão grande nas camisolas. Faz-nos confusão o equipamento alternativo não ser todo branco. Irritam-nos os adeptos de ocasiao. Dá-nos a vontade de vomitar ouvir falar em marca Benfica, como se o Benfica fosse um electrodoméstico ou um carro. Abanamos a cabeça quando vemos um lagarto com a nossa braçadeira (é um crime que não prescreve, senhor número 20). Choramos o romantismo perdido. Fode-nos a ideia de nos roubarem o nosso clube.

Deixamos de acreditar. Nós, os que sentimos o amor à camisola.


Mas depois, volta o número 10. Tem 34 anos, já não fará uma super época nem nada que se pareça com os seus tempos mais espectaculares. Mas voltaste. Cumpriste a promessa e voltaste. E isso chega. O prazer de ter ver de novo de vermelho faz-me esquecer o que nos andam a fazer.
Todos os blogs e todos os Benfiquistas falam ou falarão de ti. Provavelmente não vou acrescentar nada de novo ao que já foi dito. Só te queria dizer que gajos como tu não me deixam deixar de acreditar. ´
Porque tu, como nós, também sentes o amor à camisola. E logo, à nossa...


10

in http://diariodeumultra.blogspot.com

Free Image  Hosting at www.ImageShack.us
foto:http://www.serbenfiquista.com
"

Este não era para ser o segundo post da série, mas contudo um convite especial para ir ver o Benfica hoje foi o sinal que era agora a altura ideal para o postar e espero que gostem. Trago ainda mais duas noticias: temos mais um link na árvore de cammes para o blog Uma piada para adultos da minha querida Matrakixa, um blog diferente á imagem da dona e que não é de todo de leitura light mas que vale sempre a pena o esforço de a acompanhar ao longo dos posts, por isso, não deixem de visitar, e ainda que temos uma secção dedicada exclusivamente ao Glorioso!. Até já!

Eu gosto de- parte 1

Este vai ser o primeiro de uma série de posts dedicado a minha pessoa! Já sei egocêntrico e narcisista, mas descansem que não me vou afogar! E vou passar a explicar o porque desta série de posts... tinha ai umas ideias para futuros posts e quando planeava escreve-los realizei que tinham algo em comum e que eram os meus gostos e vai dai e como estou numa de inovar, primeiro o concurso e agora isto, decidi avançar e ainda por cima encontrei uma coisa que fez disparar a minha vontade de postar este gosto...

EU GOSTO DE HISTÓRIAS DE AMOR

Já estou a imaginar as piadinhas que vêm dai, e como eu faria o mesmo se tivesse do vosso lado acho muito bem que gozem:D

Começando o tópico eu gosto de histórias de amor, sejam nos livros/séries ou nos filmes ou mesmo na vida real e tenho uma ligeira tendência para as que acabam mal...
Nos livros(dos poucos que li) adorei a história do Primo Bazilio do Eça de Queirós.
Nos filmes/séries(aqui sim já tenho um enorme manancial) gostei de muitos mas penso que posso destacar o If only(façam o favor de clicar porque parece que no post da cortiça ng viu os links) e como série Everwood .
Na vida real já conheci algumas, acho que já tive direito a uma e como a vida é uma querida deu-me uma mesmo como eu gosto de ver:longa, complicada e com um fim triste q.b. .
Hoje conheci uma outra história de amor através de um blog e que aqui vos trago:

[Parabéns!]

Eu lembro-me quando fizeste 19 anos.
E lembro-me que tinhas 19 anos quando correste atrás de mim, e me puseste a mão no ombro na viagem mais longa da minha vida. Tinhas 19 anos e ficaste alí, ao meu lado, enquanto eu gritava a morte do meu pai. E ficaste alí, todos os dias, nunca me deixaste sozinha. E ficaste alí e abraçavas-me com muita força quando a força me faltava porque tinha um filho na barriga mas faltava-me um pai.
E lembro-me que tinhas 19 anos quando te dei a notícia e choravas enquanto repetias que eras o homem mais feliz do mundo. E lembro-me que tinhas 19 anos quando pegaste naqueles 2640g de gente enquanto repetias que eras o homem mais feliz do mundo.
Eu olhava para ti, tão pequenino como o nosso menino, invejosa da forma como lhe pegavas, como o adormecias, como lhe ensinavas a levantar a cabeça. Eu olhava para ti, tão pequenino como o nosso menino, e agradecia-te as centenas de fotografias com que me esperavas todos os dias quando a vida me tirou o tempo para ver o nosso menino crescer.
E agradeço, hoje, que estejas sempre ao pé de mim, que me faças chá quando choro desgostos de amor, que saias comigo e me embebedes, que me ouças horas sem fim a lamentar-me do mesmo, que atures as minhas manias e as minhas parvoíces, que queiras o melhor para mim. E agradeço que me faças rir à gargalhada quando me apetece chorar, que me enerves até à morte e depois me obrigues a dançar.

Lembro-me que tinhas 19 anos, e eu quase 80 quilos de grávida, quando me disseste que não querias ser pai-de-fim-de-semana e fizemos um pacto de vida. Hoje, com 26 anos [és tão pequenino], és o meu melhor amigo. És o pai do meu filho. És a minha família.

E sei que és tu, um dia se eu me casar, que me vais dar a mão e levar ao [outro] homem da minha vida.
Tu és o anjo que apareceu na minha vida naquele dia. Amo-te.Para sempre.
in Dias de uma princesa

Bem para esclarecer alguma dúvida, nesta história que é uma estória a senhora engravidou num campo de ferias onde estava com o rapaz na mesma altura em que o pai morreu de cancro!

Espero que tenham gostado, e ahh tb gosto de musicas de amor vou tentar por uma na rádio... Enfim sou um romantico!LOL

terça-feira, janeiro 27, 2009

A veia do poeta, concurso no fim...

Em equipa vencedora não se mexe e o Carlos Tê e o Rui não brincam em serviço. A musica deve estar a tocar deixo-vos a letra:

Cansado do movimento
Que percorre a linha recta
Fui ficando mais atento
Ao voo da borboleta
Fui subindo em espiral
Declarando-me estafeta
Entre o corpo do real
E a veia do poeta

Mas ela não se detecta
À vista desarmada
E o sangue que lá corre
Em torrente delicada
É a lágrima perpétua
Sai da ponta da caneta
Vai ao fim da via láctea
E cai no fundo da gaveta

Ai de quem nunca guardou
Um pouco da sua alma
Numa folha secreta
Ai de quem nunca guardou
Um pouco da sua alma
No fundo duma gaveta
Ai de quem nunca injectou
Um pouco da sua mágoa
Na veia do poeta

Alguem conhece o senhor que está com Rui nesta foto?
Quem acertar ganha direito a um post!

Anderson, o amigo do Katso!

Todos devem conhecer este senhor que jogou no Futebol Clube do Porco, a mim ficou-me na retina um lance entre ele e o Katsoranis em que o senhor ficou gravemente lesionado, o que é de lamentar ainda para mais agora está lá o Cebola e ninguém lhe parte as 2 pernas o que eu acho uma injustiça mas enfim...

O que interessa é que o senhor, oriundo do Brasil (país aonde se fazem novelas em que se retratam as mulheres portuguesas como minhotas de preto e com bigode, e os portugueses em geral como pessoas tacanhas e que vivem em constante algazarra, ahh e a melhor parte é que eles tentam tambem passar a ideia que nós emigramos para o Brasil em busca de melhores condições de vida, irónico não?) deve ter com toda a certeza frequentado o Oxford ou o Cambridge porque o inglês dele é perfeito, se não vejam...



Com este post exorcizei dois ódios de estimação: o Porto e BrasiLOLeiros...

domingo, janeiro 25, 2009

Words are dangerous… you should use it wisely!

O poder das palavras é quase absoluto, e o pior é que por vezes o maior dano é causado pela ausência da própria palavra do que pelo seu uso inapropriado.
Se não vejamos, quantas e quantas vezes não pensamos já nós que poderíamos ter dito a alguém que gostamos dessa pessoa, ou que a odiamos, ou que poderíamos ter imposto a nossa vontade ou exprimir a nossa opinião. Quantas dessas vezes não sentimos que esse pequeno gesto poderia ter mudado o rumo da história, ter trazido grandes mudanças em relações, ter feito a diferença numa avaliação ou simplesmente deixado o nosso ego mais protegido. Já não falo claro no processo de decisão, nem se seria certo o uso da palavra pois essa é toda outra problemática.
Contudo o uso da palavra não é menos importante, pelas mesmas razões, mas no entanto e pelo menos á minha pessoa faz-me menos confusão o seu poder, principalmente porque ao usarmos a palavra estamos a realizar uma acção e para cada acção há sempre uma reacção.
Dei comigo a pensar nisto e tinha de usar a palavra numa tentativa de despoletar a questão em vós, caros leitores/visitantes. Na expectativa de o ter conseguido deixo aqui o meu primeiro post mais sério deste regresso a casa.
Para me despedir deixo-vos um pedido bem ao estilo do John Lennon: Usem sabiamente as palavras que vos restam, usem as palavras para criar um sorriso, para fazer um amigo, para transmitir o conhecimento, para provar uma teoria mas nunca para ferir ou criar uma discórdia que não amistosa!


P.S.- Ainda que contraditório ao que escrevi, continuo a acreditar que o Savater é que tinha razão, a palavra é apenas um veiculo que transporta o nosso livre arbítrio, e esse gajo é que lixado.

sábado, janeiro 24, 2009

Noticias Fresquinhas!

Na verdade as noticias de frescas não tem nada, mas assim é um titulo mais especulativo, e ser especulativo é de uma maneira fácil de ganhar dinheiro(especialmente na bolsa,dizem...).
E fácil leva-me á primeira noticia que é o Radio blog que já deve estar a buzinar aos vossos ouvidos a não ser que tenham uma ligação de Internet da tanga, e "fácil pq?" perguntam vossas mentes ávidas de respostas, pois bem fácil porque "roubei" o servidor do rádio de um blog já aqui ao lado...
E já aqui ao lado leva-me a uma segunda noticia, temos novos inquilinos na "árvore de cammes" que quem quiser saber o que é pode googlar ou perguntar e ter uma lição de mecânica. E "quem são os novos inquilinos?" perguntam novamente as mesmas mentes igualmente ávidas, pois bem nada mais nada menos que o Grande, o Único, o Special one, Mister Marchante(tenho de lhe dar graxa que ele já veio para ai reclamar, e bem merece que o homem tá farto de me aturar, btw foi ele que me ensinou a andar de bike e fazer coisas muito fixes com esparguete) e a não menos especial, a stand up comedian, e excelente disc jockey Diana. Não percam essas duas ligações, uma que conta a vida de um estudante de mestrado em Biologia(eu continuo a achar que é cultivo de batatas porque ele estudou em Agronomia) e a outra ligação traz um pouco de tudo mas sempre com grande qualidade.
Ahh para terminar, houve ai alguém que disse que ia por música pimba no blog mas como não teve coragem, eu que nem gosto de musica pimba a não ser como pretexto para me enroscar numa miúda jeitosa, pus uma musica que nem é pimba nem deixa de ser.
Beijos e abraços!!

terça-feira, janeiro 20, 2009

Artigo de opinião

Vivemos sem dúvida em tempos de crise, por todos os motivos que ouvimos nos media e porque devido ao mundo de hoje é fácil sentir arrepios de frio na pele quando faz frio no outro lado do mundo.

Contudo é bom pensarmos que vivemos tempos de excelência, se não reparemos eu não tive de me preocupar de ir para a tropa e se ia para o ultramar com uma arma nas mãos como muitos dos nossos pais, já para não falar do Sr. Que Morreu Com a Queda da Cadeira.

No tempo dos nossos avós houve a grande guerra, e a comida nem sempre era certa na mesa, e por ai fora… É obvio que o mundo mudou e eu não quero que torne ao que era e nem pretendo fazer comparações…

Queria sim dizer que com todas estas alterações parece que se perdeu alguma chama nas pessoas, se não reparem os nossos pais tiveram o Che Guevara e no nosso tempo temos quem, o Obama?

No tempo dos nossos pais houve os Beattles, nós temos quem, os Tokio Hotel?

No tempo dos nossos pais havia o Sinatra e agora temos o Michel Bublé… Este senhor pode não ser o Mr. Blue eyes mas é muito provavelmente a melhor voz da nossa geração e nem é tão conhecido assim... Talvez um dia quando morrer....


P.S.- Que post mais estúpido não é? Mas eu sou rico por isso não é estúpido é excêntrico… LOL

P.S.1-É lindo escrever um post ao qual ninguém se dará ao trabalho de responder!

sábado, janeiro 17, 2009

Cortiça

Bem o tempo escasseia por estes lados e por isso não há grande tempo para escrever grandes posts no entanto encontrei na net algo que não queria deixar passar... Ficou conhecida em tempos a campanha do Mourinho no Reino Unido pela cortiça nacional bem como uma outra da fadista Mariza. Agora a cortiçeira Amorim (sim do mesmo Amorim que é mais rico que o Sr Azevedo da Sonae) traz até nós um spot publicitário totalmente virado para o mercado externo mas muito bem conseguido na minha opinião e com o bem nosso conhecido Rob Schneider que pode ser visto aqui. Alem do video percam 5 minutos com o site explica para quem não sabe a importancia dos sobreiros e da cortiça, só para terminar Portugal é lider mundial com mais de metade da produçao mundial de cortiça, material cada vez mais utilizado na aeronautica e em foguetes aeroespaciais.

Um abraço,
Max

segunda-feira, janeiro 12, 2009

what goes around comes around..

Tal como indica o titulo, we are back in business!
Sem assumir compromissos, sem pretensões só e apenas pela mesma razão que os cães lambem os tomates.... Porque podem!

Peço desde já desculpa a qualquer visitante que por azar aqui venha parar, este vai ser um espaço de demência sem complacência, vai ser um espaço com espaço para tudo... Vai ser um blog puta, aberto para quem quiser sem qualquer descriminação!

Por enquanto ainda está a meio gás porque quero por a radio a trabalhar e mudar algumas coisas, mas fiquem por perto e comentem qd quiserem!

Vão encontrar por aqui pedaços de mim que vou encontrando pelo mundo e que me dêem vontade de os partilhar, a todos obrigado pela companhia.

Um obrigado especial a Diana, porque foi preciso ler o blog dela para me lembrar do quanto eu gosto de escrever aqui!